Saiba todos os problemas e soluções relacionados a cães e gatos.

Melhor alimentação para cães filhotes. Saiba detalhes

Melhor alimentação para cães filhotes. Igualmente como os humanos a amamentação materna é essencial para o bichano recém nascido. O leite materno é fundamental e é imprecindívil para que o animal crie anticorpos necessários e receba nutrientes fundamental para o crescimento saudável.

 

O leite  tem em sua composição  proteínas,gorduras,açúcares,vitaminas, minerais e água em quantidade adequadas para cada espécie, por isto alimento completo. Desde a primeira mamada o peludo  ganha uma série de benefícios para o filhote.

 

A primeira mamada tem seu benifício vindo do colosto, que é líquido especial vinda das glândulas mamárias, mesmo antes de se ter o processo de produção de leite, propriamente dito. Com isto o animal que não ingere o colosto não recebem os anticorpos necessários para produção dos anticorpos tão fundamentais.

 

Melhor alimentação para cães filhotes

 

O melhor para o animal recém nascido é que fique nos cuidados de sua mãe até 45 dias de vida. O leite da mãe é o melhor alimentação para os filhotes. Só que antes disto já é possível introduzir outra alimentação para o pequenino. O ideal é que até 21 dias de vida o leite materno seja o único alimento e após isto pode-se  começar aos poucos inserir outra alimentação para o bichano.

 

A partir terceira semana a quinta semana, já pode se introduzir além do leite as papinhas e da quinta semana até a sétima pode iniciar o desmame do cão . Sendo que para a interrupção do leite materno o animal tem que estar fazendo 3 refeiçoes por dia , no mínimo.

Melhor alimentação para cães filhotes

 

E comendo esta refeições num intervalo de tempo entre 15 e 20 minutos. Com estas precalções , em apenas 30 dias os filhotes estarão preparados para comer ração seca. Uma opção interessante para fazer esta transição é bater com agua morna a ração e dar com uma seringa, num estilo de papinha.

 

Depois troque por um pratinho no lugar da seringa. Um fato importante não deixe esta papinha para o peludinho mais de uma hora, pois pode prejudicar o bichano. No caso guardar na geladeira não pode ficar mais de 24 horas.

 

o que fazer com pets orfãos

Essa situação é mais complexa, pois o animalzinho não vai ter os nutrientes de sua mãe, assim sendo, temos que ter maiores cuidado com o cãozinho a fim de dificultar o aparecimento de doenças e garatir o crescimento normal do cão. Um dos principais fatores que pode ocorrer nesta circunstância é a desnutrição e diminuição do nível de glicose no sangue ( hipoglicemia).

 

No caso temos que utilizar o espediente artificial potente a nível de nutrientes. Sabendo que existe duas possibilidades. A primeira são alimentos prontos na rede pet shop ou a caseira feita de leite e papinhas. Qual das alternativas dar. Isto é uma opção exclusiva do dono.

 

O fundamental é dar os nutrientes em quantidades e qualidade específicas, pois assim ,vai evitar que os gatinhos ou cachorrinhos fiquem desnutrido e num futuro fiquem mais vulneráveis a doenças.

 

Se tiver dúvidas em qual alimentação dar  comece com a pronta do pet shops para depois introduzir a caseira, dessa forma, você terá melhor noção de como fazer a papinha caseira. Esta hora da transição do leite  materno para as  papinhas é fundamental, pois de forma alguma os peludinhos podem ficar sem os nutrientes específicos para a sua formação.

 

Leia mais:

caoegatoanimaisdomesticos.com/saiba-quais-as-vacinas-necessarias-para-o-seu-pet/

caoegatoanimaisdomesticos.com/o-cao-fazer-xixi-no-lugar-certo/ 

caoegatoanimaisdomesticos.com/cuidado-na-escolha-de-seu-filhote/

 

 

 

miuda chuvisco
  • Meu nome é Luiz Carlos Ramalho, jornalista e amo escrever. Tenho paixão por gatos e cachorros. Meu lema é só se consegue algo, usando o amor na frente de tudo que se faça.

nutriçãoraça de cães

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: