O que na realidade é o pitbull: vítima ou pecador?

 

Luiz Carlos Ramalho | 23 de Abril de 2018 | raça de cães | Nenhum comentário

Os pitbull são vítimas ou pecadores?   Uma pergunta que não se cala, pois admiradores da raça, que os tratam de forma normal, como deve ser tratado , todo cachorro, dizem que é um cão amoroso e gentil.

 

Chegam mesmo, a dizer que se bem adestrados podem conviver, dentro de casa, com a família como um todo, inclusive com seus filhos pequenos. Eles colocam que se isto não fosse possível e o cachorro fosse perigoso, jamais deixariam com seus filhos.

 

Estas pessoas,  colocam que esta fama do pitbull advém de donos da raça que querem aparecer e provocam os cães para que tais animais, sejam agressivos e perigosos. Eles dizem que qualquer raça de cão pode ser perigosa na mão de quem não sabe trabalha-los.

 

Elas comparam com os carros. Falam que as pessoas que não sabem utilizar um carro o transformam  em uma arma perigosa. Por isto vamos extinguir os carros?

 

A mesma coisa eles relacionam com o cachorro do poderio físico do pitbull, que pode ser uma arma em mãos erradas. Não apenas os Pits, mas os pastores, os dogs alemães e tantos outros. A diferença que o pitbull ficou com uma fama infundada.

 

O pitbull, cujo o nome completo é American Pit Bull Terrier, tem sua origem nada agradável, já que os cães dessa raça eram usados em batalhas sangrentas com outros animais.

 

As famosas rinhas, mas isto foi culpa do pitbull ou do homem, pois cães não se encaminham para luta por conta própria.

 

Os pitbull são vítimas ou pecadores ? De origem  americana, já que foi nos EUA que ele obteve suas características físicas e personalidade. Não há registros que comprovem de maneira objetiva a respeito da origem da raça, existindo muitas divergências entre os historiadores a respeito disso.

 

Você já pensou nessa questão será que o nosso animal, no caso canino, chamado vulgarmente de pitbull ele  gosta de ser odiado. Faço uma pergunta. Animal não tem sentimento? Ou são coisas jogadas no mundo de forma aleatória.

 

Uma grande parte da comunidade canina defende que o American Pitbull Terrier trata-se de uma variação americanizada do cão Saffordshire bull Terrier , que consiste em um animal desenvolvido na Inglaterra no fim do século XIX, com a finalidade de participar de brigas.

 

A outra parte dos historiadores acredita que ele seja, na verdade, uma variação moderna do buldog, pois já foram encontradas diversas gravuras antigas com esses cães bem semelhantes ao Pitbull atual. Essa dúvida, permanece até hoje.Os pitbull são vítimas ou pecadores?

 

OS PITBULL SÃO VÍTIMAS OU PECADORES?

 

Esta pergunta no decorrer deste texto espero  responder  com sua total responsabilidade. Na época em que foi criado esta raça canina. A utilidade dela era  como um cão de fazenda, que cuidava do gado, e também ovelhas. Algum tempo depois, algumas pessoas e criadores começaram a usá-lo para participar de campeonatos de luta.

 

O uso do Pitbull americano como cão de luta fez com que ele fosse posteriormente perseguido em todo o mundo, pois várias pessoas ainda o considerassem um animal brutal, sanguinário e irracional.

 

Na realidade esta questão. Os pitbull são vítimas ou pecadores? Já vem sendo desmistificada nestas linhas, pois cada vez mais fica demonstrado a interferência do homem nas atividades do pitbull, que nasceu para uma coisa e foi transformado , pela mão ambiciosa e desportiva do homem, em outra coisa.

 

 

Um fato contribuiu para os pitbull são vítimas ou pecadores? Ser mal visto. Um fato natural a sua força física, mas isto não o coloca como sendo um cão indomável, pois caso isto fosse fato. Outras raças,teriam o mesmo destino.

 

Mesmo com as proibições das lutas os homens ambiciosos usaram a força física do cão para leva-los a áreas clandestinas, com envolvimentos de altas apostas, e muito interesses, de vários adeptos. Isto é inerente do ser humano, desde a época de Roma. Nas batalhas entre homens escravizados, ou mesmo antes deste tempo.

 

OS PITBULL SÃO VÍTIMAS OU PECADORES?

 

Os  Pitbulls  foram   no primeiro momento desenvolvidos pelo homem  para participar de combates com outros animais.  A verdadeira natureza dele  é a de um cão alegre e sociável, que convive bem ao lado da família onde é criado. Trata-se de um animal fiel, que deseja sempre agradar o seu dono. Possui uma grande força de vontade e é muito ativo. É um cão muito resistente, que pode suportar a dor melhor que outras espécies de cães.

 

O animal  é um cão que obedece às ordens que são direcionadas a ele. Além disso, é também um excelente cão de guarda, que demonstra muita coragem quando necessário, podendo até mesmo,  lutar até a morte, para proteger seus donos e o seu território. Por perceber estas características o homem deformou as aptidões do cão.

 

O animal bastante divertido, que gosta de estar na companhia de adultos e crianças, por quem demonstra uma grande afeição, permitindo ser tocado e gostando de participar das brincadeiras junto a elas.

 

O  temperamento poderá vir a se tornar hostil, não, com pessoas, mas com outros cães e animais. Apesar disso, essa agressividade pode ser afastada quando o Pitbull é adestrado de maneira firme e tranquila por alguém que mostre a ele características de um líder.

 

Só que o ser humano induz a agressividade do cão para ele ser um animal muito agressivo, claro se pegar donos dóceis e calmos o animal será um reflexo desses  donos.

 

O triste é que  muitas pessoas de índole duvidosa, ainda o treinam, como um cão de briga, o que aumenta a sua fama ruim de animal agressivo.

 

Na verdade, caso o animal demonstre uma tendência para um temperamento agressivo, isso deverá ser observado e prevenido até que ele atinja cerca de 2 anos de idade, época em que a sua personalidade já estará totalmente estruturada. Sendo importante ressaltar, que outras raças estão no mesmo estágio.

 

Por causa dessa discriminação, existem até mesmo locais onde é proibida a presença de Pitbulls. Por isso, é preciso    levar em conta que, ao decidir adquirir esse cão, poderá enfrentar esse tipo de preconceito.

 

Os pitbull são vítimas ou pecadores?

 

É muito difícil combater um mito. O Pitbull pegou uma fama de cão indomável e para mudar esta versão na mente das pessoas é complicado. Nesse dois ou três parágrafos colocaremos algumas situações para as pessoas pensarem.

 

Vejamos alguns dados para vocês leitores fazerem sua avaliação sobre  a realidade do pitbull.  O sargento canino da raça pitbull o fofo ¨ sargento Stubby ¨ trabalhou a muito tempo atrás na primeira guerra mundial entre 1914 e 1918 e devido seu exuberante trabalho salvou grande número de USA  e localizou uma série de corpos no campo de batalha. Por este fato foi condecorado como herói de guerra.

 

Uma pergunta, fica no ar, se Os pitbull  fossem esses cães indomáveis ou melhor.  Os pitbull são vítimas ou pecadores?  como fala todo artigo, sobre este tema , como  seria possível , Adestra-lo de forma, que  ele viesse a progredir, e ser um herói da primeira guerra mundial? Sentido ¨sargento canino Stubby ¨

 

Mudando de época da primeira guerra mundial para os dias de hoje. Um lugar muito afoito de abandono de pitbull é o estado de são Paulo. Neste estado poderíamos fazer a pergunta Os pitbull são vítimas ou pecadores?  E dessa forma, precisam sobreviver pelas ruas, com sede e fome. Um fato que dificulta as adoções deste canino é o preconceito das pessoas em relação a essa raça.

 

Os pitbull são idolatrados por uns e execrado por outros. Os que são apaixonados pela essa raça , dizem que a mesma é extremamente doce, companheiros no convívio, claro que a questão da força física do animal existe, pois são um tanque de musculação, porém se bem cuidados são uns bebes cuidando dos seus filhos por exemplo. E também são muito inteligentes.

 

Os pitbull são descriminados e muito dos casos são covardemente espancados quando não, mutilados. Existe ongs sem fim lucrativos que cuidam desses cães e já viram coisa do arco da velha. Eles já viram na rua pitbull espancados com barras de ferro que ficaram paraplégico, outro queimado, sendo que o mais alarmante foi ver um cão pitbull fincado com uma madeira  dento de seu  ânus, arame farpado em seu corpo, marcas de facadas e queimaduras de cigarro, além de dentes arrancados.

 

Quem fez isto, com certeza, antes anestesiou o cão. um detalhe este cão escapou e foi adotado. Agora fica uma pequena perguntinha, que não pode se calar. OS PITBULL SÃO VÍTIMAS OU PECADORES? Me respondam isto no comentário desse post. Só que respondam de forma mais abalizada, dando uma argumentação na sua resposta.

 

Espero que essas linhas posam ter tirados suas dúvidas sobre esta raça canina. Se ainda ficaram dúvidas, coloquem elas nos comentários, que assim que possível responderei.

 

CUIDADOS QUE DEVEM EXISTIR COM O PITBULL

 

 

O pitbull foi induzido pelo homem a ter uma origem de cão de briga. Dessa forma, não é um animal que se   adapta facilmente ao convívio em matilha, por conta da natureza da sua personalidade.

 

Apesar de se dar muito bem com crianças em geral, ele não deve permanecer sozinho junto a crianças desconhecidas. Devido poder estranha-la.

 

Não há problema para que o cão viva em apartamentos, mas é de grande importância que ele se mantenha ativo com  atividades físicas regularmente.

 

Isto  porque , consiste num animal muito ativo, por isso, precisa se  exercitar  e assim, evitar  ficar estressado. O ideal é que seja levado para passeio, onde possa caminhar algo em torno uma hora.

 

SAÚDE DO ANIMAL

 

O pitbull costuma ser uma raça saudável, porém , alguns podem apresentar doenças cardíacas congênitas, Problema no Quadril ( coxofemural ),  cataratas, além de alergia e doenças de pele.

Uma das doenças que ataca o pitbull é a displasia coxofemural maiores detalhes.

 

O Pitbull pode ser encontrado nas mais variadas cores, como branco, preto, cinza, marrom, cinzento, entre outras.

 

O Pitbull é um animal atlético, tem a cabeça larga, pescoço musculoso e mandíbulas poderosas. Seu corpo é mais  alongado e   comprido do que alto, tem o rabo largo, que se afina em direção a ponta e seu pelo é curto e áspero.

 

Apesar de ser um animal de estatura compacta,  possui uma grande agilidade, além de sua força, que pode ser impressionante.

 

É muito comum que o pitbull tenha o seu rabo e orelhas cortadas, mas nem todas as pessoas são adeptas desta prática, e não optam por isto. Inclusive, esse ato é proibido na maioria dos países, entre eles o Brasil.

 

Seu tamanho médio varia de 35 cm a 60 cm de altura. O peso pode variar 10 até 35 quilos. Tem uma expectativa média de vida de cerca,  de 12 anos , podendo chegar à idade de 14 anos de idade.

 

COMO CUIDAR

 

 

É preciso levar em conta que o pitbull é um cão que possui muita força física. Devido a isso , é muito importante que, ao sair para passear, ele esteja sempre preso com coleira e fucinheira.

 

Isso evitará que ele se meta em brigas com outros cães ,ou mesmo com outros tipos de animais.  E também provoque o receio nas pessoas que o encontrem pelo caminho.

 

 

A criação do animal é um fator determinante para o desenvolvimento da sua personalidade. Por isso, se ele for criado para ser um cão de comportamento intimidador, será agressivo, e mesmo perigoso.

 

Caso contrário, se for sociável, será um animal companheiro e amigo. O pitbull como qualquer animal,  busca receber  amor, pois no fundo é isto que ele deseja dar ao seu dono. Pelos relatos de proprietários de pitbull conscientes Este cão é muito afetuoso

 

Seu banho pode ser dado a cada 2 à 3 meses, pois o cão possui pelagem curta, e podendo ser escovado a cada semana. Se desejar mais informações acesse esse link.   https://pt.wikipedia.org/wiki/American_pit_bull_terrier

Ao buscar um Pitbull nos canis, é importante solicitar ao criador o histórico dos seus pais e avós, sendo da responsabilidade deles informar  sobre qualquer tipo de problemas.

 

É interessante também que seja solicitado informações sobre como o canil precede em casos de doenças genéticas que possam eventualmente se manifestar no filhote ou mesmo no adulto.

Meu nome é Luiz Carlos Ramalho, jornalista e amo escrever. Tenho paixão por gatos e cachorros. Meu lema é só se consegue algo, usando o amor na frente de tudo que se faça.

7 Comments

Deixe um comentário